TEIP 3

Enquadramento


A experiência dos territórios educativos de intervenção prioritária (TEIP) teve início em 1996, por força do Despacho nº 147 – B do Ministério da Educação. Esta medida, tinha subjacente uma filosofia de discriminação positiva, para as escolas e as populações mais carenciadas, e de territorialização da ação educativa, porquanto reconhecia as dificuldades com que se deparam muitas escolas, quer em zonas de isolamento rural, quer nos meios urbanos e suas periferias, e acreditava que os contextos sociais em que as escolas estão inseridas podem e condicionam muitas vezes o sucesso educativo.

Dez anos depois, em Setembro de 2006, o governo anunciou o relançamento do programa dos Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP2), dirigido às escolas ou agrupamentos de escolas localizados nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, com elevado número de alunos em risco de exclusão social e escolar, com o objetivo de promover o sucesso educativo dos alunos pertencentes a meios particularmente desfavorecidos, através da apropriação, por parte das comunidades educativas assim caracterizadas, de recursos que lhes permitam orientar a sua ação para a reinserção escolar dos alunos.

despacho normativo n.º 20/2012 define normas orientadoras para a constituição de territórios educativos de intervenção prioritária de terceira geração (TEIP3). O Programa TEIP3  desenvolve-se a partir do ano lectivo de 2012-2013 e materializa-se na apresentação e desenvolvimento de planos de melhoria, visando, sem prejuízo da autonomia das escolas que os integram, a prossecução dos seguintes objectivos gerais:

  • A melhoria da qualidade da aprendizagem traduzida no sucesso educativo dos alunos;
  • O combate ao abandono escolar e às saídas precoces do sistema educativo;
  • A criação de condições que favoreçam a orientação educativa e a transição qualificada da escola para a vida activa;
  • A progressiva articulação da acção da escola com a dos parceiros dos territórios educativos de intervenção prioritária.

 

Rede TEIP


Atualmente o Programa TEIP está a ser desenvolvido em 137 Agrupamentos de Escolas, entre os quais o Agrupamento de Escolas Amadora Oeste. A Escola Secundária Seomara da Costa Primo integrou o Programa TEIP3 no ano letivo de 2012/13 e por força da 4ª fase da agregação de escolas, que ocorreu em 2013, todo o Agrupamento Amadora Oeste passou a fazer parte desta rede.

 

 

Equipa TEIP


Ações de melhoria


Depois de feito o diagnóstico e de identificadas e priorizadas as principais áreas de intervenção, são definidas ações estratégicas que visam contribuir para o Agrupamento alcancar metas de melhoria definidas e contratualizadas com a tutela, por eixo prioritário, a saber:

 

 

Recursos atribuídos


 

 

Capacitação


 

 

Links


 Sítio oficial

 Blog TEIP

Facebook TEIP

 

 

Imprimir Email